Exposição dos trajes utilizados na posse de Jair Bolsonaro

Origem

 
No dia 7 de dezembro de 2020, o Brasil ultrapassou o número de 177 mil mortes por Covid-19. Em meio a esse contexto, no qual outros países já começaram a amadurecer seus planos de vacinação para iniciar o quanto antes o processo, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro achou que seria uma boa ideia participar de uma exposição com as roupas utilizadas por ele e pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro, durante sua posse, em 2019.
 
A cerimônia foi realizada no Palácio do Planalto, onde constam agora duas vitrines com as respectivas roupas lado a lado. A solenidade – transmitida ao vivo pela TV Brasil – durou cerca de 10 minutos e contou com a presença da filha do casal, Laura Bolsonaro, além dos profissionais responsáveis pela confecção das roupas, a estilista Marie Lafayette, a costureira Larissa Silva e o alfaiate Santino Gonçalves. Também estiveram presentes os ministros Onyx Lorenzoni, da Cidadania, Jorge Oliveira, da Secretaria-Geral, Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, Braga Netto, da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria do Governo e Marcelo Álvaro Antônio, do Turismo.
 
Ainda que o Governo Federal não tenha estabelecido um plano concreto de vacinação contra a Covid-19, Bolsonaro elogiou a performance brasileira durante a cerimônia: “Apesar de uma pandemia e de outros problemas, o Brasil é um dos países que melhor está se saindo na questão da economia”. A declaração do presidente, bem como a realização do evento não foram bem interpretados nas mídias sociais. Diversos parlamentares, jornalistas e figuras públicas, como Túlio Gadelha, Vera Magalhães, Gabriela Biló e Augusto de Arruda Botelho, se manifestaram em suas contas no Twitter, apontando para a futilidade do evento frente à falta de ação do Governo para resolver o contexto emergencial no qual o Brasil se encontra.
 
Dessa indignação, resultaram diferentes memes. Estes, por sua vez, ironizaram a cerimônia a partir de montagens que substituíram as roupas originais por outras, como uma fantasia de palhaço para Bolsonaro e um vestido repleto de laranjas para Michelle. O cabelo do presidente também repercutiu, já que usuários do Twitter notaram algumas semelhanças entre o visual adotado por Bolsonaro e o característico cabelo do personagem Beiçola, da série A Grande Família.
 

Difusão e Repercussão

 
Os memes relacionados à exposição dos trajes utilizados pelo presidente e pela primeira-dama durante a posse, em janeiro de 2019, apareceram, sobretudo, no Twitter, onde o termo “Beiçola” chegou a ocupar os trending topics do dia 7 de dezembro. No Facebook e no Instagram, também houve circulação de alguns memes, embora em menor escala. Veículos como Folha de São Paulo, UOL, O Globo e Rolling Stones noticiaram a popularização dos memes.
 

Gênero e Formatos

 
Ainda que os referidos memes tenham sido diversos, o formato destes não variou tanto. Nesse sentido, circularam principalmente memes do tipo Exploitable, que foram submetidos a edições gráficas para substituir os trajes originais por fantasias, roupas de presidiário, camisas de força ou ainda um cheque gigante, em alusão ao episódio no qual descobriu-se que Michelle Bolsonaro teria recebido 27 cheques de Fabrício Queiroz e sua esposa, Marcia Aguiar, totalizando R$ 89 mil. Além disso, também foram comuns memes em formato Look-a-like, apresentando um painel duplo no qual Bolsonaro foi comparado com o personagem Beiçola ou, em menor medida, com Lloyd Christmas, personagem de Jim Carrey no filme Debi & Lóide.
 

Exemplos Notáveis

 

 
As 30 personalidades de Lelê a 80km/h
0 publicações
0 comentários
Nome
Letícia Sabbatini
About / Bio
Lelê a 80km/h já foi aspirante a pedreira, médica, chefe de cozinha e bailarina. Acabou caindo no jornalismo por escolha de suas outras 26 personalidades (viva la democracia!). Mestranda em Comunicação pela UFF e jornalista pela UFRRJ, Letícia se dedica a pesquisar tecnologias com recortes de gênero, mas também é obcecada por Masterchef, filmes da Disney e séries de investigação criminal.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *