Existem dois tipos de pessoas

Origem

 
Os memes de internet podem ser enquadrados em diversas categorias, funções e características que os diferenciam das demais mídias. Extremamente capilares, são aplicáveis cotidianamente em simples conversas por texto e na publicidade em rede nacional, veiculada na televisão.
 
Traçar a origem de um meme pode ser uma tarefa complicada, ainda mais tratando-se de um caso que não referencie um momento histórico, evento ou personalidade famosa, por exemplo. Uma das origens mais facilmente rastreáveis do meme “Existem dois tipos de pessoas” encontra-se em uma página do Tumblr, criada em março de 2015, pelo diretor de arte João Rocha, chamada “2 kinds of people“, focada em ilustrações no formato flat design as quais aplicam a ideia do meme de diversas formas. A ideia por trás do projeto – que também se encontra em formato livro e fez o blog ser premiado – é que grupos de pessoas podem ser divididos em dois, de acordo com suas escolhas.
 

Difusão e repercussão

 
Além de ser uma brincadeira recorrente nas mídias sociais, entre posts no Twitter, grupos e páginas no Facebook, com diversas versões do meme, ele também é tag de canais do YouTube – em vídeos nos quais os apresentadores gravam suas reações sobre o meme, acerca de diferentes temáticas. Os vídeos com esse tema no canal do youtuber Felipe Neto possuem de quatro a dez milhões de visualizações cada um, ou seja, é um enorme sucesso. Como este exemplo:
 

 
Sites, como o BuzzFeed, ajudaram a propagar o meme.
 

Gêneros e formatos

O meme “Existem dois tipos de pessoas” tem ampla aplicabilidade, podendo ser inserido em diversas situações. Ele pode ser enquadrado na categoria “discussão pública”, pois ao mesmo tempo em que estabelece uma ideia de “se identifique com algum elemento deste processo” – seja comer uma pizza, como dormir ou utilizar o sistema Windows ou macOS -, de imediato, o meme também coloca em prática uma dinâmica de competição excludente entre as pessoas que se identificam com uma parte, em contraponto com quem se identifica com a parte contrária.
 
Basicamente, o meme segue um modelo bem simples: consiste no texto verbal “Existem apenas dois tipos de pessoas” – escrito assim (cathphrase) ou de formas semelhantes (snowclone) – e, abaixo, uma imagem com uma mesma ação realizada de duas formas diferentes. Há, também, o formato Image Macro quando a imagem do meme é sobreposta com um texto.
 

Exemplos notáveis

 

 
Carlinhos do Ingá
0 publicações
0 comentários
Nome
Carlos Bonifácio
About / Bio
Achou que eu não ia cagar regra hoje? Achou errado, otário! Carlinhos do Ingá é aluno de graduação em Estudos de Mídia e bolsista PIBINOVA/UFF no projeto "A política dos memes e os memes na política". Tem interesses diversos entre eles passar raiva com páginas de reaças na internet e destilar ódio à musica pop no twitter... #RockWins

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *