Entra no carro, otária

Origem

 
O meme “Entra no carro, otária” surgiu de uma cena do filme “Meninas Malvadas” (2004), na qual a antagonista Regina George, interpretada por Rachel McAdams, aparece dirigindo um conversível na frente da protagonista Cady Heron, interpretada por Lindsay Lohan, e grita: “Anda logo, otária. Vamos pro shopping”. Mais tarde, a expressão foi alterada para “Entra no carro otária. Nós vamos fazer compras”. No carro, além de Regina George, encontram-se Gretchen Weiners e Karen Smith — interpretadas por Lacey Chabert e Amanda Seyfried, respectivamente.
 

 
O filme, considerado um clássico, também ficou conhecido por diversas frases icônicas que se transformaram em meme, como: “às quartas usamos rosa” e “toda quinta a Regina trai o Aaron na sala de projeção”. Além das frases, o dia das Meninas Malvadas, 3 de outubro, é recorrentemente relembrado nas mídias sociais pelos fãs de cultura pop.
 

Difusão e Repercussão

A frase “entra no carro, otária” começou a ser amplamente postada nas mídias sociais por volta de 2016, sendo justaposta a uma imagem em 2017. Assim como o filme, o meme continua popular até hoje, e é utilizado em diversas situações. Normalmente, é empregado como uma chamada à ação popular, como: “Entra no carro, otária. Vamos votar no Ciro” e “Vamos tirar o Lula da cadeia”. No entanto, essa família de memes não é utilizada somente por movimentos políticos, uma vez que há chamadas de ações para salvar séries como Anne With an E ou para votar no Babu, do BBB, por exemplo.
 

 
Segundo o Google Trends, o termo “entra no carro, otária” começou a ganhar destaque em setembro de 2018 e seu pico de pesquisas foi em maio de 2020.
 
O meme também começou a ser utilizado por muitas empresas como estratégia de marketing, principalmente por plataformas de streaming, que convidavam o público a assistir ou fazer maratona de alguma série.
 
Para além da frase icônica, o próprio filme virou referência de cultura pop, sempre lembrado no dia 3 de outubro, por ser o dia em que o personagem Aaron Samuels perguntou à Cady que dia era, ou nas quartas-feiras, por ser o dia no qual o Bonde das Poderosas – grupo de Regina George e suas seguidoras – usam roupas rosas.
 
O fato é que, como tantas outras cenas icônicas desse filme, “Entra no carro, otária” já tornou-se uma gíria incorporada ao vocabulário de parte da população brasileira.
 

Gênero & Formatos

 
O meme é publicado como um frame do filme em que Regina George aparece dentro de um conversível, acompanhada de suas seguidoras. Em alguns casos, o frame escolhido é um em que Cady também aparece. Uma legenda acompanha a imagem, seguindo a estrutura “Entra no carro, otária. Vamos ______________”. Os formatos mais recorrentes são o image macro, quando há a sobreposição de legendas sobre a imagem, e o exploitable, quando há alterações decorrentes de montagens feitas em softwares de edição de imagens. Considerando apenas o texto verbal, o meme pode ser considerado uma catchphrase – quando repete a expressão – ou um snowclone, já que a icônica frase pode apresentar alterações, responsáveis por diversificar o sentido dos memes.
 

Exemplos Notáveis

 

 
Confused Bea
1 entry
0 comentários
Nome
Confused Bea
About / Bio
Confused Bea nunca sabe o que está acontecendo nem o que está fazendo. Entrou no #MUSEUdeMEMES por acaso e resolveu ficar. Atualmente é bolsista PIBIC/CNPq do projeto, faz graduação em Estudos de Mídia, então pode ser encontrada vagando pela UFF ou por qualquer outro lugar. Você quem sabe.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *