Todo Dia Um Macho Diferente Passando Vergonha

Origem

A heterossexualidade em homens, em muitos casos, pode vir acompanhada da manifestação de autoconfiança em excesso, vaidade e a intensa utilização do vocábulo “top” em seus diálogos. Com o surgimento das redes sociais, muitos desses chamados “machos” passaram a expor todas essas características em vídeos e fotos em que “sensualizam” suas personalidades e cultuam seus músculos. Em outros casos, arriscam-se, também, a elaborarem ‘textões’ em que explicam às mulheres o que é feminismo.

Pensando em reunir essas pérolas foi criada, no final de dezembro de 2016, a fanpage “Todo dia um macho diferente passando vergonha” – popularizando-se rapidamente.

Gênero & Formatos

A página não publica memes em um formato específico. Na maioria das vezes, são vídeos, fotos ou print screens de postagens ou conversas, sempre protagonizados por machos passando vergonha, ou o que a própria página caracteriza como “show dos horrores”.

Nas publicações, o que dá o tom do meme é sempre a comicidade já óbvia contida nelas e as legendas irônicas que as acompanham.

Gramática/Sintaxe

Essas publicações trazem, muitas vezes, homens gravando vídeos de si mesmos em situações inusitadas com o único propósito de sensualizar e exibir seus corpos. Mas, na maioria, o resultado acaba não tendo o efeito planejado (como no vídeo de um homem que sai do banho e se enxuga com o próprio gato ou o rapaz que beija seu próprio reflexo no espelho).

Os prints costumam mostrar homens fazendo comentários muitas vezes ignorantes ou até homofóbicos sobre assuntos como feminismo e homossexualidade. A intenção da página, no entanto, é mostrar isso de forma bem humorada, com comentários irônicos do tipo “não acredito que esse macho inventou a cura do lesbianismo”.

A fanpage é feminista e traz em sua descrição: “página feita de manas para manas!”. Assim, quando se trata de assuntos mais delicados, ela deixa o humor de lado e faz posts mais engajados, como denúncias de assédio enviadas por visitantes do canal, por exemplo.

Difusão e Repercussão

A página se difundiu muito rapidamente, em fevereiro de 2017 – pouco tempo depois de sua criação. Hoje, ela possui mais de 290 mil curtidas.

Muitas outras páginas com o mesmo nome ou semelhantes começaram a surgir após sua popularização, mas não conseguiram muitas curtidas e, a maioria, se encontra desatualizada.

A verdadeira “Todo dia um macho diferente passando vergonha” possui parceria com outra página feminista, chamada “Meu deus do céu que macho chato do caralho”, que tem uma lógica parecida: rir e denunciar o machismo cotidiano com humor e leveza.

Exemplos Notáveis

Amor próprio é tudo né!!!

Posted by Todo dia um macho diferente passando vergonha on Tuesday, May 16, 2017

oi meninas, tudo bom? no vídeo de hoje eu vou ensinar para que um gato NÃO serve.

Posted by Todo dia um macho diferente passando vergonha on Monday, May 1, 2017

eu não me prestaria a esse papel.

Posted by Todo dia um macho diferente passando vergonha on Saturday, April 29, 2017

Eu to com pena dessa boneca

Posted by Todo dia um macho diferente passando vergonha on Wednesday, April 26, 2017

 

Tito Belo Gil
0 publicações
0 comentários
Nome
Tito
About / Bio
Tito Belo Gil é calouro de Estudos de Mídia e voluntário do #MUSEUdeMEMES. Antes de ir para a faculdade, ele escova os dentes com pó de cúrcuma e no intervalo gosta de lanchar raiz de broto de alfafa-braba, sempre acompanhada de areia com pedaços de borracha. Tito também acredita que você pode estar substituindo sua felicidade por muito estudo e alimentação saudável.
 
 

9 comentários

  1. César Moreira disse:

    Não apoio o feminismo, mas esse material realmente dá-me vergonha alheia.

  2. Kakau disse:

    E os machos continuam passando vergonha sem saber o que é o feminismo… Rsrs

  3. Gabriel dos Santos. disse:

    Moças, vocês tem algum tipo de problemas, sério mesmo.
    Procurem ajuda.

    • Gabi disse:

      Nós sabemos que temos alguns problemas Gabriel. Mas estamos procuramos ajuda. Por exemplo, para lidar com o estresse diário e fazer algo útil com nossas experiencias do dia-a-dia consultamos páginas como “Todo Dia Um Macho Diferente Passando Vergonha” e “Todo dia um macho diferente passando vergonha”.

  4. Andrew disse:

    “a página feminista, chamada “Meu deus do céu que macho chato do caralho”, que tem uma lógica parecida: rir e denunciar o machismo cotidiano com humor e leveza. ” claro, expor as fotos e os perfis pessoais de pessoas é uma forma ótima de criticar com leveza sem querer botar lenha na fogueira

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *