Presidente Autoproclamado José de Abreu

 

Origem

No dia 25 de fevereiro, por discordar de Jair Bolsonaro ter reconhecido Juan Guaidó como presidente autoproclamado interino da Venezuela, o ator José de Abreu fez uma brincadeira na sua conta do Twitter: “Acabei de me proclamar Presidente do Brasil. Quem me apoia?”. O ator estava na Grécia, mas seu tweet criou uma onda de debate público no Brasil. O meme do presidente autoproclamado José de Abreu espalhou-se no mesmo dia no Twitter e, simultaneamente, no Facebook – além de ter alguma presença no Instagram, criando uma base de apoio e um grupo de críticos (estes últimos vindos tanto dos apoiadores, quanto também dos críticos do atual governo federal, que é o alvo da candidatura presidencial fictícia do ator, pelas redes sociais).

 

 

Gênero & Formatos

 

A atitude do ator declara a intenção de criar o debate sobre os problemas políticos brasileiros a partir de uma ótica que se vê como progressista. Portanto, podemos incluir este meme no gênero dos memes de Discussão Pública sobre temas coletivos. Ele se desenvolve no formato dos tweets do presidente autoproclamado e dos eleitores, em hashtags como #josedeabreupresidente e #brasilaoladodetodos, em image macros exploitables, em um evento de Facebook com efetiva recepção do ator no aeroporto em que voltou de viagem, além de matérias em jornais e revistas.

 

Difusão e Repercussão

 

O tweet da candidatura fictícia de José de Abreu teve grande repercussão a partir de sua publicação. Dados coletados pelo Google Trends  indicam o aumento repentino das buscas no Brasil pelo termo “josé de abreu” já no dia 25/02/19, e os picos destas buscas nos dias 27/02 e  07/03 até o momento. Também no Google Trends podemos ver que no dia 26/02 surgem buscas pelo termo “presidente josé de abreu” e aumentam as buscas pelo termo “presidente autoproclamado”.


 

 

 

 

Ainda no primeiro tweet a brincadeira foi responsável por gerar manifestações divergentes: do apoio incondicional, passando pelo descrédito parcial, chegando à oposição total. Personalidades públicas entraram na brincadeira, assumindo seu apoio e pedindo ou sendo convidadas a cargos pelo próprio presidente autoproclamado, assim como também atacando o ator José de Abreu e sua candidatura. No time dos apoiadores surgiram, por exemplo, Hildegard Angel, Serguei, Chico Buarque, Marcelo D2, Maria do Rosário, Marcelo Freixo, Guilherme Boulos, Jean Willis e Lula – que se disse cabo eleitoral do ator. Por outro lado, surgiram também críticos como Jair Bolsonaro e Alexandre Frota, que se pronunciou sobre o caso na Câmara, em Brasília.

Além das nomeações aos cargos de apoio, José de Abreu criou o partido político PAZ (Partido Alternativo da Zoeira) e twittou diversas medidas presidenciais do seu governo fictício, como a que dizia que o “Primeiro ato após assumir será mudar a Capital do País para o Nordeste”.

 

 

 

O meme ganhou projeção jornalística virando notícia em jornais e revistas (alguns, de grande circulação). No retorno de José de Abreu ao Brasil, combinou-se uma recepção para o ator no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Esta recepção foi divulgada através da criação de um evento do Facebook para posse da presidência autoproclamada. Neste dia, José de Abreu foi recebido no aeroporto por dezenas de pessoas, fez o juramento presidencial, deu entrevistas e, em seguida, participou do ato do Dia das Mulheres na Cinelândia, no centro da cidade do Rio.

O meme conseguiu bastante engajamento entre apoiadores, críticos e haters. Os apoiadores, parte do espectro progressista, sustentam a iniciativa bem-humorada como um artifício de crítica à política do novo governo. Uma outra parte progressista parece poder ser vista como crítica ao meme, na medida em que o vê como uma brincadeira inútil que desperdiça tempo e atenção enquanto medidas políticas preocupantes continuam sendo encaminhadas. Outro grupo percebido é formado por pessoas que ridicularizam e criminalizam a autoproclamação. Há ainda duras críticas levantadas pela nomeação da vereadora Marielle Franco como Primeira Dama e pelo questionamento do lugar de fala privilegiado do ator, por exemplo.

Tomado pelo Google como presidente brasileiro devido à explosão de referências, o meme do presidente José de Abreu foi replicado também por Tonico Pereira (que se autodeclarou presidente dos EUA no dia 27/02 e disse querer negociar com José de Abreu) e pelo ator francês Frédéric Pagès (que se autoproclamou presidente da França no dia 10/03 e reconheceu nosso presidente autoproclamado).

 

Exemplos Notáveis

 

 

 

Mohandas Garoto Cético do Terceiro Mundo
0 publicações
0 comentários
Nome
Mohandas Souza
About / Bio
Iniciado nos mistérios filosóficos, mestre na arte da dúvida, Mohandas Garoto Cético Do Terceiro Mundo despertou de seu sonho dogmático ao conhecer David Depois Do Dentista e seu estranhamento da vida real na internet. Igual a São Tomé, preferiu ver para crer e buscou contato com estudos da cultura digital na graduação em Estudos de Mídia na UFF. Suspeita (sem ter certeza, é óbvio) que os memes são mais do que uma simples brincadeira digital. Ou não.

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *