Origem

No dia 02 de julho de 2018 a seleção brasileira enfrentou o time do México pelas oitavas-de-final da Copa da Rússia. Um pouco antes do início da transmissão pelas redes de televisão, as câmeras mostravam a torcida nas arquibancadas, como de costume, quando uma misteriosa figura foi capturada pelas imagens, permanecendo no ar por alguns segundos. Assim, o “Torcedor Misterioso”, o “Psicopata da Copa” ou o “Feiticeiro do Hexa” tornou-se um fenômeno imediato, ganhando as redes em meio ao clima de festa da Copa do Mundo.

 

 

Difusão e Repercussão

Mas quem era o enigmático rapaz que surgira frente às câmeras? A internet já começara a fazer sua magia: muitos destacavam sua semelhança com o cantor Vinny, os irmãos Hanson ou o finado Kurt Cobain. Não tardaram a surgir perfis falsos que alegavam ser a pessoa por trás da máscara – ou melhor, da bandeira.

 

O jornal “Correio Braziliense”, entretanto, conseguiu descobrir quem era o novo amuleto da sorte da seleção canarinho: o engenheiro aeroespacial russo Yury Torsky, 34, residente na cidade de Samara. Através de seu perfil na rede social russa VK descobriu-se que o rapaz era solteiro, fã de Star Wars e trabalhava numa estação de pesquisas do local. Torsky, um simples torcedor que fora prestigiar a competição, mal sabia que seria adotado pela torcida tupiniquim.

 

Não tardou para que brasileiros descobrissem sua identidade e passassem a assediá-lo. Yury entrou na brincadeira e a partir de então foi figura carimbada nos comentários e eventos com a participação brasileira em solo russo; uma marca de cerveja chegou a anunciá-lo na partida seguinte do Brasil contra o selecionado Belga, onde encontrou-se com o também mítico Canarinho Pistola.

 

Gêneros e Formatos

Não houve um gênero específico que caracterizasse o meme – das tradicionais Image Macros aos perfis fakes a cosplays, de paródias a cartoons, a semana na qual o Feiticeiro do Hexa brilhou foi prolífica na produção memética e na divulgação de notícias pitorescas ligadas ao russo, como no caso da torcedora catarinense que fez uma tatuagem com a imagem que ganhou as redes.

 

Exemplos Notáveis

 

Rafael Polêmico
0 publicações
7 comentários
Nome
Rafael Polêmico
About / Bio
Um currículo? Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano pela Universidade Federal Fluminense, bacharel em Direito com complementação em Empreendedorismo e Inovação, graduando em Arquivologia, voluntário do projeto #MUSEUdeMEMES. Uma cor? Azul. Uma atriz? Fernanda Montenegro. Um cantor? Roberto Carlos. Um exemplo? Jesus Cristo. E Ivete. Vida? Deus. Deus? Vida. Vivi ou Gracy? Belo. Uma frase? Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. Um museu? De memes. Esse é Rafael Polêmico.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *