Menos Luiza que está no Canadá

Origem e Difusão

O meme “Menos Luiza que está no Canadá” surgiu a partir de um comercial de uma construtora na Paraíba que convidou um conhecido colunista e sua família para promover um empreendimento imobiliário.

 

A frase surgiu em uma declaração do pai de Luiza, ao explicar o porquê de sua filha não estar presente. A frase em questão era: “É por isso que eu fiz questão de reunir toda a minha família, menos Luiza, que está no Canadá”.

 

Bastou uma frase para que o meme fosse criado e, a partir daí, entrar na boca do povo, tomando conta das redes sociais, principalmente Twitter e Facebook.

 

O comercial foi ao ar dia 5 de Janeiro de 2012 e em menos de duas semanas o vídeo já estava no YouTube. Em quatro dias já tinha atingido mais de 100 mil visualizações, chegando a ser o assunto mais comentado no Twitter, liderando os Trending Topics do Brasil com o hashtag #LuizaEstanoCanada, além de diversas montagens que foram vinculadas no Facebook.

[pullquote]Segundo Geraldo, os produtores do comercial colocaram a frase porque sua família é bem conhecida na Paraíba e as pessoas perceberiam a ausência da adolescente.[/pullquote]

 

Assim como todo grande meme, esse também ganhou várias montagens em vídeo no YouTube com diálogos editados que repetem o comercial da TV. Houve uma versão com um trecho do filme A Queda de Hitler, um forró, um falso Plantão da Globo e outras tantas manifestações.

 

Rendeu até um jogo na internet, a Fuze, empresa sediada em João Pessoa que cria e desenvolve aplicativos para Android e iOS, criou um jogo na web para homenagear o viral.

 

No jogo, Luiza precisa superar obstáculos em uma pista de esqui no Canadá para chegar intacta ao Brasil. No Tumblr também foi criado o “Menos Luiza que está no Canadá”, reunindo diversos vídeos e montagens com o meme.

 

Reações do Público

Diversos perfis no Twitter, onde o meme teve maior repercussão, que trabalham ou não com humor entraram nessa onda de sucesso. O @oclebermachado publicou: “BOMBA: Elenco do Flamengo viajará para a Bolívia completo, menos Alex Silva e Luiza que estão no Canadá”.

 

Já @ocriador disse em seu perfil: “O bom filho à casa retorna. Menos Luiza, que está no Canadá. Até o jornalista/apresentador Wiliam Bonner entrou na brincadeira e twittou: “Todo mundo pronto pra a reunião de editores do JN. Todos menos a Luiza, claro”.

 

O sucesso da expressão rendeu à imobiliária a venda de oito apartamentos, todos avaliados em R$700 mil cada. A partir daí, outras empresas usaram dessa estratégia.

 

O site Decolar.com, por exemplo, twittou: “Que tal visitar a Luiza que está no Canadá? Aproveite a oferta do Decolar.com”, a rede de telefonia celular Claro usou o ex-jogador Ronaldo para fazer propaganda no Twitter: “Tá todo mundo participando do Desafio Claro. Menos Luiza, que está no Canadá!”.

 

E também a Magazine Luiza, talvez a mais beneficiada devido a associação do nome, lançou um concurso cultural para eleger um novo nome para a empresa e a chamada foi feita por ninguém menos que a própria Luiza, sim, a que está no Canadá.

[pullquote]Os “fãs” da Luiza organizaram até uma recepção para recebê-la no aeroporto[/pullquote]

 

A paraibana de 17 anos estava fazendo um intercâmbio no Canadá e adiou sua volta devido a toda essa repercussão. Luiza recebeu diversas propostas de trabalho e chegou a gravar um novo comercial para a mesma construtora e outras marcas.

 

Hoje, o vídeo de Luiza já possui 6.385.780 visualizações e dificilmente encontramos um internauta que não tenha ouvido falar da Luiza do Canadá.

 

* Trabalho apresentado na disciplina “Redes colaborativas e produção cultural” (2013.1) por alunos do curso de Estudos de Mídia.

1 comentários

  1. Renato Maia disse:

    primeiro

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *