Luisa Marilac

Origem

No dia 27 de Junho de 2010, Luisa Marilac nascia para o mundo: em dois vídeos, postados em seu canal no YouTube, ela falava sobre o quão boa sua vida estava, mostrando sua casa na Espanha e, especialmente, sua grande piscina.

Esse segundo vídeo viralizou e tornou seus bordões populares em todo o Brasil.

Gênero & Formato

A partir dos vídeos de Luisa, surgiram diversas vídeo-paródias no próprio YouTube; nelas, os usuários tentam imitar os trejeitos e as falas da moça.

Além das paródias, Luisa também influenciou o vocabulário de muitos dos internautas na época. De seus vídeos, saíram as catchphrases “bebendo meus bons drinks”, “verão maravilhoso da Europa” e “e teve boatos que eu ainda estava na pior… se isso é estar na pior, p****, que que quer dizer estar bem, né?”, por exemplo.

Difusão e Repercussão

O registro mais popular de Luisa já acumula quase 4 milhões de visualizações no YouTube, o que proporcionou a ela diversas aparições na TV. Recentemente, o filme “Vai Que Cola” (2015) fez uma homenagem ao icônico vídeo da moça, por via da personagem Ferdinando:

Suas últimas aparições na mídia focaram em mostrar como sua vida estava agora e serviram também para provar que sua rotina não estava nada “na pior”. Hoje, Luisa é supervisora de serviços gerais em um hotel de São Paulo e aproveita sua visibilidade pós-fama para tentar conscientizar a população sobre as opressões que travestis e pessoas trans sofrem em nossa sociedade. No dia 22/06/2015, Luisa postou em seu perfil no Instagram uma foto em que ela aparecia com diversos hematomas no rosto – sendo que, no dia seguinte, ela postou um vídeo em que dizia:

Dei um susto em vocês, né? Tenho me assustado todos os dias quando ligo o computador e recebo mensagem de que mais um travesti foi assassinado, que mais um travesti tomou um tiro, que mais um travesti tomou uma facada e que mais um travesti está morto na beira da estrada.

Eu quero que você ponha a sua mão na consciência. Você se assustou quando viu a minha cara deformada? Você teria a mesma reação se tivesse visto um outro travesti assim? Às vezes você poderia, mas a grande maioria não. A grande maioria que teve essa reação de se assustar foi porque eu tive os meus 15 minutos de fama, e esses 15 minutos me deram um pouquinho de visibilidade. E é onde as pessoas se sensibilizam, vêm atrás para poderem entender um pouquinho mais.

Eu quero dar visibilidade às travestis, principalmente às que estão sendo mortas na beira da estrada e não estão fazendo nada. Ninguém faz nada. Eu quero ser a voz e eu serei a voz. Já que eu tenho um pouquinho de visibilidade ainda na internet, vou usá-la o máximo possível.

Nós somos a minoria e precisamos da ajuda de vocês, que são a maioria, para cobrar. Estamos sendo exterminadas como animais, como bichos, e nada acontece. Infelizmente, no nosso país, matam e fazem o que querem, e vai ser mais uma que foi. De sexta-feira para cá, eu já contei 5. Todas as travestis são Marilac. Eu não sou diferente de nenhuma delas. O que acontece comigo pode acontecer com qualquer uma delas. Basta de transfobia! Se você vir alguma coisa, denuncie.

Exemplos Notáveis

 

Caio Está Desmaiado
0 publicações
0 comentários
Nome
Caio Melo
About / Bio
Aluno da graduação em Estudos de Mídia/UFF e voluntário do projeto #MUSEUdeMEMES, Caio Está Desmaiado. E desde então nós tentamos acordar ele para poder conhecer o menino melhor. AFF!
 
 

2 comentários

  1. Rafael disse:

    Muito bom. Esse é um verdadeiro clássico da web.

  2. Renato Maia disse:

    segundo

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *