Keep calm & Carry on

Keep_Calm_and_Carry_On_Poster.svg

“Keep calm and carry on” é um tipo de “image macro” composto por um fundo de cor uniforme, uma frase em tipografia sem serifa, de fácil leitura e cunho popular, encimada por uma imagem geralmente relacionada ao tema proposto pela frase, que no caso original seria a coroa do Rei George VI. Trata-se de um slogan, classificado pela enciclopédia Know Your Meme como parte de uma série de virais de paródias propagandísticas, como Obama Hope Posters, I Want You, e The Solo Regement, entre outros.

A história da sua origem é bastante interessante, remete a tempos de conflito no início da Segunda Grande Guerra. Em 1939, ainda no início da Segunda Guerra Mundial, a Grã-Bretanha se via diante de um possível confronto com Alemanha e o governo Britânico resolveu investir em uma campanha com cartazes publicitários, no intuito de despertar a moral da população, caso essa suposta ameaça ocorresse e houvesse um desastre civil. “Keep Calm and Carry on” (“Tenha calma e siga em frente”) é um cartaz motivacional, de idealizador desconhecido. Seu objetivo era conscientizar a população de que era preciso seguir com a vida normal, deixando implícita a mensagem de que o governo daria um jeito de proteger os cidadãos britânicos. Mais de 2,5 milhões de exemplares foram inicialmente produzidos e impressos pelo Ministério da Informação da Grã-Bretanha, mas o cartaz foi distribuído apenas em número limitado, portanto não ficou muito conhecido na época. O “Keep Calm and Carry on” foi o terceiro da série de cartazes feitos com o mesmo objetivo.

Os cartazes foram concebidos para ter um padrão uniforme, tendo um design associado ao Ministério da Informação, com uma tipografia única e reconhecível, como uma mensagem do rei ao seu povo. O ícone de uma coroa foi escolhida para ficar no topo do cartaz, ao invés de uma fotografia. Os cartazes eram bem simples. O fundo com uma única cor, com letras em caixa alta, fácil de ser lido à distância, e com o emblema da coroa na parte superior eram os principais destaques. -Os slogans foram criados por funcionários públicos. Estes cartazes foram pensados como “uma declaração de dever para o cidadão”. A imprensa, com medo da censura, se resguardou, e por este motivo muito do material relativo a estes cartazes foi mantido em arquivos.

O primeiro cartaz a ser impresso foi o “Freedom Is In Peril. Defend It With All Your Might”, seguido de “Your Courage, Your Cheerfulness, Your Resolution Will Bring Us Victory”. Os dois primeiros cartazes foram considerados vazios de sentido pela parcela da população que teve acesso às mensagens. O governo, no entanto acertou em cheio com o slogan “Keep calm and Carry on”, ainda que com algumas décadas de atraso.

Em 2000, um exemplar deste cartaz foi descoberto na Barter Books, um sebo na cidade de Alnwick, na Inglaterra. A criação agora está em domínio público e tem sido reproduzida por várias empresas, como tema decorativo para diferentes produtos. Havia apenas dois exemplares originais fora dos arquivos do governo, até que uma coleção de 20 originais foi levada ao programa de televisão Antiques Roadshow em 2012, pela filha de um ex-membro da Royal Observers Corps, uma organização de defesa civil da Grã-Bretanha. O criador do cartaz não é conhecido até hoje.

Viralização

O website KeepCalmAndCarryOn.com foi registrado em fevereiro de 2007, por uma loja de e-commerce que vendia produtos diversificados com o slogan. O meme ganhou vida através dos produtos comercializados, e, em novembro de 2008, a marca popular de camisetas Threadless, pela primeira vez, modificou o slogan de “Keep calm and Carry On” para “Now Panic and Freak Out”, modificando levemente a identidade do meme. A prática se popularizou e o cartaz ganhou inúmeras apropriações. O meme repercutiu em matérias de grandes jornais como “Los Angeles times”, “The New York Times”, “The Telegraph”, “The Independent”, “The Guardian” entre outros. Foram criados também aplicativos para iTunes, produtos como camisetas, canecas ou até decorativos domésticos foram criados a partir dos dizeres. Em abril de 2009, foi criado o gerador de imagens “Keep Calm-o-matic”, em que qualquer usuário da web pode criar sua própria “frase”.

Além desses fatores, o meme “Keep calm and carry on” foi facilmente repercutido devido primordialmente por seu valor histórico e afetivo do povo inglês. Trata-se de uma imagem facilmente adaptável a diversos contextos.

Diretos autorais, Mike Coop vs. Manleys

Os Manley são o casal de britânicos que encontrou o primeiro cartaz de “Keep Calm and Carry On” em décadas, e, possivelmente, os principais responsáveis ‐ mesmo que de forma involuntária ‐ por sua devida viralização. Mike Coop foi o responsável pelo e-commerce lançado em 2007 em que vendia os primeiros produtos online da marca “Keep Calm” e que resolveu registrar o slogan sobre seu domínio.

A atitude de Mike Coop foi vista como um ato antiético pelos Manley e outros interessados no valor histórico da imagem. A luta por direitos autorais e a empreitada comercial que se iniciou a partir daí gerou um movimento intenso na economia inglesa e no mundo. Estima-se que os Manley ja venderam cerca de 200 mil cópias do cartaz “Keep calm”, além de outros produtos, a uma média de € 15 cada. O site Amazon lista aproximadamente 100 mil produtos com o slogan.

* Trabalho apresentado na disciplina “Redes colaborativas e produção cultural” (2013.1) por alunos do curso de Estudos de Mídia.

1 comentários

  1. Renato Maia disse:

    keep calm and fique em primeiro

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *