Greta Thunberg no Trem

Origem

A ativista ambiental sueca Greta Thunberg se tornou meme nas redes sociais, a partir do compartilhamento feito pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) de uma montagem da ativista fazendo uma refeição no trem, enquanto da janela é possível ver crianças negras pobres sentadas na rua. A foto original mostra, na verdade, Greta em um trem na Dinamarca e pela janela é possível ver apenas árvores. A foto falsa já estava sendo replicada dentro de grupos de direita, mas foi a partir da postagem do deputado, indicado ao cargo de embaixador nos Estados Unidos, que a postagem virou meme recebendo diversas outras versões, desde de com figuras famosas, até as mais diversas situações ocorrendo do lado de fora da janela do trem.

 

Difusão e Repercussão

Após a publicação de Eduardo Bolsonaro, várias outras imagens adulteras de Greta se popularizaram na internet, particularmente no twitter. Depois da tentativa frustada de Bolsonaro para deslegitimar Greta e sua importante causa, muitos usuários do twitter aproveitaram a situação para ridicularizar o próprio deputado publicando imagens claramente adulteradas de Greta no trem, ainda com a legenda “alguém sabe dizer se essa imagem é real?”.
 
A publicação da montagem vem a tentar desmerecer a imagem da ativista que era o assunto do momento, após a viralização do discurso feito por ela na abertura da Cúpula do Clima da Conferência das Nações Unidas (ONU). Criadora do movimento “Fridays For Future” com apenas 16 anos, a menina sueca repercutiu mundialmente dentro da internet representando no discurso toda uma mobilização recente de jovens, exigindo ações de proteção ao meio ambiente, como a redução imediata da emissões de gases causadores do efeito estufa. A posição firme, a expressão desolada e as frases fortes dirigidas diretamente a líderes mundiais, aliadas a imagem de uma menina pequena, jovem e sonhadora, causaram uma reação imediata mundo afora. O Brasil especificamente ainda se encontrava em uma situação mais crítica na imagem nacional e internacional, após as grandes queimadas que ocorreram no mesmo período da reunião da ONU, devastando uma grande parte do território amazônico.
 
Além da imagem falsa, Eduardo também espalhou uma falsa informação contra Greta com a legenda “‘Vocês roubaram minha infância…’ disse a garota financiada pela Open Society de George Soros” já que não há nenhum registro que a causa da adolescente sueca tenha sido financiada em algum momento pelo bilionário investidor norte-americano. Protagonista de diversas teorias da conspiração desde os anos 90, tanto o bilionário americano, quanto a ativista sueca negaram qualquer tipo de filiação ou uma relação qualquer entre eles. Após críticas dos internautas pelo compartilhamento de fake news e a exposição da foto como montagem, o deputado respondeu: “e alguém não percebeu isso?”.
 
A partir dos dados oferecidos pelo Google Trends, a busca pelo nome da ativista no Brasil atingiu um pico de popularidade no dia 26 setembro, dia posterior a postagem do deputado do PSL e sofrendo uma queda continua nos dias subsequentes. Vale notar que antes da repercussão como polêmica e meme, o discurso e o nome de Greta já configuram com grande procura no Google do Brasil.
 

Gênero e Formatos

O meme se originou de uma fake news, e faz parte de um contexto sociopolítico já que viralizou a partir do uso feito por uma importante figura política contemporânea. As montagens feitas em sequência da foto de Greta no trem foram majoritariamente combinadas com outros memes como a imagem da ex-presidenta Dilma “comendo o pombo” na praça, ou a foto do pagodeiro Compadre Washington ouvindo música no ônibus.
 
Assim podemos definir esse meme como um “meta-meme”, por essa referência a outros memes, apresentando elementos intertextuais. Além disso, o uso posterior da legenda “alguém sabe dizer se essa imagem é real?” em outras montagens marca esse meme com a característica de ter uma “catchphrase”, isto é, a presença de um bordão, um slogan ou sentença marcante.

 

Exemplos Notáveis

 
Gabriel Golpista de Uberlandia
0 publicações
0 comentários
About / Bio
Eu vou tomar essa faculdade inteira nas minhas mãos, você quer ver se eu não vou? Gabriel Golpista de Uberlândia é graduando em Estudos de Mídia e servo de deus nas horas vagas.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *