Gato Entrevistado

Origem

O Gato Entrevistado é um meme protagonizado por um felino cujo nome é Tião. Seu irmão, Chico, já era uma figura notória na internet desde 2013, devido a sua página do Facebook “Cansei de Ser Gato”. Lá, as donas dos gatos postam diversas fotos de Chico fantasiado, acompanhadas da frase: “Cansei de ser gato. Agora sou…..”, que variam de acordo com o figurino do bichano.

Apesar de o meme só ter viralizado em meados de 2016, sua foto foi tirada dois anos antes, quando suas donas gravaram uma entrevista para a Band explicando como a página foi criada e como elas trabalham.

Não se sabe ao certo o porquê na demora da viralização do meme, que foi mais utilizado no Facebook e Twitter.

Gênero & Formatos

O Gato Entrevistado é um meme ‘Image Macro’ que, normalmente, é utilizado em companhia de uma frase num tom de indignação (com temática geralmente relacionada a gatos), dando um teor cômico ao meme. Alguns saem desse padrão e aplicam frases que seriam comuns numa situação de entrevista jornalística. Como sua maior repercussão foi no Twitter, a legenda usualmente não está vinculada à imagem, ela é colocada no espaço de texto acompanhada da imagem anexa. No Facebook, utiliza-se de prints do Twitter e de imagens com textos de variadas fontes e tamanhos sobrepostos a ela.

Difusão e Repercussão



O Gato Entrevistado é um meme famoso apenas no Brasil, porém, há algumas postagens isoladas em outros países. Um pequeno número de marcas utilizaram-se deste meme para vender produtos para gatos, como a Cat Design, loja de arranhadores que criou diversas versões dele para divulgar seu negócio. Atualmente, esse meme não é muito utilizado, porém, algumas páginas sobre gatos no Facebook ainda aproveitam deste meme para fazer humor, embora isso ocorra esporadicamente.


Exemplos Notáveis


 
Confused Bea
0 publicações
0 comentários
Nome
Confused Bea
About / Bio
Confused Bea nunca sabe o que está acontecendo nem o que está fazendo. Entrou no #MUSEUdeMEMES por acaso e resolveu ficar. Atualmente é bolsista PIBIC/CNPq do projeto, faz graduação em Estudos de Mídia, então pode ser encontrada vagando pela UFF ou por qualquer outro lugar. Você quem sabe.
 
 

8 comentários

  1. Luiz Felipe Silva disse:

    Felino sisudo discorre sobre tudo.

  2. Cris Melo disse:

    Bon vivant esse gatinho!!!

  3. Katia Cruci disse:

    Nunca tinha lido uma análise detalhado sobre um meme, buscando o esclarecimento da sua origem e aplicação. Achei bem interessante, o assunto até tomou um ar sério.

  4. Luiz Felipe Silva disse:

    Bea, felinamente, se especializando e se aprofundando na ciência dos memes: a memética.

  5. Bruna disse:

    Nossa, descobri a página hoje, tô amando, parabéns!

  6. Marcia Gil Souza disse:

    Ah, o 2º bichinho doméstico mais popular (para os curiosos, o 1º é o cachorro). Adorei a pesquisa, especialmente pelo lado cômico do meme. Mas o que chama a atenção é o antropomorfismo, atribuindo características humanas aos animais, a fim de explicar os comportamentos instintivos dos nossos bichanos, que parecem tão humanos. Merece uma discussão filosófica para buscar explicações da criação da página dos animais com esse lado antropomorfista, dos memes e de sua viralização na net. Parabéns, pesquisa bem feita, completa na escrita e nas figuras, tema gostoso de ler, jeito leve de escrever. Amei!

Deixe uma resposta para Bruna Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *