Foto de Sérgio Moro e Aécio Neves

Origem

O prêmio “Brasileiros do Ano 2016”, oferecido pela revista IstoÉ, ocorreu em São Paulo, na noite do dia 06/12/2016. A premiação do controverso juiz Sérgio Moro na categoria Justiça e do questionável Michel Temer como o Brasileiro do Ano geraram algum debate na internet, pois ambos encontram-se no centro da turbulenta conjuntura política pela qual passa o Brasil. No entanto, algumas fotos do evento mobilizaram mais a atenção pública do que outras (por exemplo, a do juiz Moro sorrindo e cochichando com o senador Aécio Neves).

Difusão e Repercussão

A delicada conjuntura política pela qual passa o Brasil fez esta fotografia – aparentemente inocente – despertar a atenção dos usuários do Twitter que, ainda na madrugada após a noite do prêmio IstoÉ, criaram o meme tweetando frases indignadas e bem humoradas sobre a imagem.

Acompanhados por paródias de referências bíblicas e até piadas, com ou sem a foto, muitos tweets foram registrados. Logo em seguida, os “image macros” e “exploitables” deste meme se espalharam também pelo Facebook e Instagram.

A hashtag formada com o termo “morécio” (junção de Moro e Aécio) pôde ser detectada no Twitter antes deste episódio, sendo usada pelas mesmas razões, porém sem uma repercussão notável.

Gênero & Formatos

O meme se deu através de “image macros” que sempre ironizam a indevida proximidade entre o juiz e um investigado. Além disso, a foto foi utilizada como “exploitable”, sendo editada livremente para assemelhar-se, por exemplo, a famosas cenas de filmes românticos, como “A Dama e o Vagabundo” e “Titanic”. Encontramos também apropriação deste meme através de GIFs e hashtags.


Exemplos Notáveis


 
Mohandas Garoto Cético do Terceiro Mundo
0 publicações
0 comentários
Nome
Mohandas Souza
About / Bio
Iniciado nos mistérios filosóficos, mestre na arte da dúvida, Mohandas Garoto Cético Do Terceiro Mundo despertou de seu sonho dogmático ao conhecer David Depois Do Dentista e seu estranhamento da vida real na internet. Igual a São Tomé, preferiu ver para crer e buscou contato com estudos da cultura digital na graduação em Estudos de Mídia na UFF. Suspeita (sem ter certeza, é óbvio) que os memes são mais do que uma simples brincadeira digital. Ou não.
 
 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *