Disaster Girl

fa3ca168ea_Disaster-GirlO meme “Disaster Girl” tornou-se famoso na internet por mostrar uma menina que foi fotografada em frente à uma casa em chamas, com um sorriso discreto e debochado em direção às câmeras. Enxergar o efeito cômico dessa imagem é fácil, porém muitas pessoas ainda se perguntam se ela é real, bem como qual a história por trás desse meme.

Origem

A foto da menina (que se chama Zoe) foi feita em 2004 pelo seu próprio pai, Dave Roth, na Carolina do Norte, quando ele a chamou para ver um treinamento do corpo de bombeiros – em um incêndio real que estava acontecendo na sua vizinhança – e capturou o momento.

Em 2007, Dave enviou a fotografia para a revista JPG – publicação especializada em fotografias digitais – para a competição de “Emotion Capture”. A imagem foi a grande vencedora e acabou sendo publicada na magazine. Desde então, internautas de todo o mundo têm criado histórias e montagens em cima da situação, transformando Zoe em um grande meme.

Formato

Existem dois usos principais do meme: o primeiro, recorta apenas a menina e a coloca em situações onde catástrofes naturais e acidentes aconteceram (dando a entender que ela tenha causado a calamidade em questão). Já o segundo, a partir de legendas adicionadas em cima da imagem original, dá a entender que ela ateou fogo na casa por algum motivo que a incomodava. Por isso, podemos dizer que o “Disaster Girl” pode se encaixar tanto em memes com base em Photoshop, quanto com base em “Image Macro” – visto que os internautas escolheram utilizar ele dessas duas formas.

 

Dandara Bolada
3 publicações
2 comentários
About / Bio
Dandara Bolada é mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFF e participante ativa do #MUSEUdeMEMES desde sua graduação, onde foi bolsista de extensão do projeto. Como bondosa presidenta dessa nação memética, preocupa-se em pesquisar o universo dos memes e charges políticas (e mantém um olho no golpe e outro no Temer). Soberana e poderosa, a Bolada é rainha o resto nadinha. VLW FLW
 
 

2 comentários

  1. Roberto disse:

    Vocês não colocaram a imagem original.

  2. Renato Maia disse:

    segundo

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *