Boticário: Quando A Marca Vira Meme

 

Origem e Difusão

O dia dos namorados de 2015 não foi apenas mais uma data comemorativa do ano, em meio a dezenas de comerciais que se aproveitam do calendário comercial para vender seus produtos, a Boticário conseguiu ganhar grande espaço nas mídias digitais seja por amor ou ódio.

 

boticario

 

Tudo começou com o lançamento do comercial feito especialmente para os apaixonados e, o que poderia ser apenas mais uma propaganda de televisão quebrou a internet, tudo isso por mostrar não apenas casais heterossexuais como também casais homossexuais. (Veja o comercial aqui)

 

O comercial conseguiu, já no seu primeiro dia, agradar a muitos e incomodar àqueles considerados conservadores, e foram esses que iniciaram uma crise nas redes socias, principalmente gerando uma série de reclamações na ferramenta Reclame Aqui, onde essa mazela conservadora alegava que o vídeo era ofensivo e expondo suas frustrações em sites de relacionamentos.

 

Reação pública

Porém, em algum momento a indignação virou zueira, e dessa vez a zueira tinha a intenção não apenas de rir da situação, mas também de, através do humor, mostrar o quão absurdas as reclamações eram.

 

Em pouco tempo, um Tumblr foi criado, com o título de “Aproveita e boicota também”, onde várias outras campanhas publicitárias que apoiam o movimento LGBT são expostas para que as pessoas possam “boicotar também” essas marcas que já fizerem algum comercial no mesmo estilo.

 

O slogan da página é: “Se é pra boicotar alguma coisa, que seja a ignorância”, mais um exemplo de que o humor pode ser usado para quebrar tabus.

 

Além do Tumblr, várias manifestações de repúdio à quem estava falando mal da propaganda surgiram no Twitter – além de comentários irônicos – e no Facebook vários outros memes também surgiram, a maioria mostrando como as pessoas eram antes e depois de ver o tal comercial, brincando com a ironia de que quem assiste corre o risco de virar homossexual em um piscar de olhos.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *