#MUSEUdeMEMES Entrevista: Plante Uma Neyde


Warning: strpos(): Offset not contained in string in /home/bharatac/public_html/museudememes/wp-content/plugins/footnotes/class/task.php on line 340

Plante Uma Neyde é o nome oficial de uma fanpage do Facebook e um perfil do Twitter que rende homenagens a Neyde Jean Spears01, 33 anos, cantora “com PhD em playback”, nascida na Califórnia (“EUAney”). Neyde é o apelido dado por Theo e Melissa02, criadores da personagem, a um “fake” nacional de Britney Spears, surgido no final de 2014, a partir de uma fotografia da cantora, tirada em 2008, durante sua “fase trash“. A foto mostra Britney com uma maquiagem carregada, numa festa de aniversário do estilista Christian Audigier, em Los Angeles03.

A explicação para o nome da fanpage é um pouco mais intertextual. Segundo os criadores, “Neyde” é uma referência à personagem de Márcia Cabrita no seriado brasileiro “Sai de Baixo”, e começou a ser aplicado sobre Britney na mesma época em que a foto veio a público, quando a artista circulava mal vestida em diversas ocasiões. Já o “Plante Uma…” é uma brincadeira com a fama de Britney de cantar apenas em playback. Neyde, na verdade, seria muda, dizem eles.

A página se especializou em “tirar um sarro” de Britney04, e já gerou uma série de críticas e protestos de fãs, incluindo mutirões de reclamações e boicotes. Apesar disso, Neyde Jean não se importa muito com os haters, e tem o seu próprio fandom. Não se sabe bem por que, mas as montagens (exploitables) e macros em que Neyde aparece rapidamente se tornaram um fenômeno entre o público LGBTT. Hoje, a página é referência no nicho, e inspira tendências.

A entrevista abaixo foi realizada em dois momentos. No primeiro, quem fala é a própria Neyde. (Afinal, ela fala! Ou pelo menos escreve!) No segundo, mais breve, temos algumas perguntas respondidas por um dos administradores da página (que preferiu não se identificar). Com vocês, então, Plante Uma Neydeney!05


#MUSEUdeMEMES O que fez a senhorita entrar para a internet? Quando foi isso?
Plante Uma Neyde Devido à minha grande popularidade como cantora, resolvi criar uma página de humor para meus fãs brasileiros, foi no final de 2013 ‐ se não me falha a memórianey.

#MUSEUdeMEMES Como a senhorita conseguiu conquistar mais de 1,2 milhão de likes no Facebook, 24k de seguidores no Twitter e o coração dos brasileiros?
Plante Uma Neyde Isso realmente não sei muito bem como explicar, acredito que foi devido à dedicação em tentar fazer as pessoas sorrirem, também acredito que talvez as minhas angústias sejam as mesmas que as da maioria, e acaba acontecendo uma identificação imediataney.

#MUSEUdeMEMES De onde veio o seu “JEITINHO” de escrever colocando sempre um ‘ney’ no final da fraseney?
Plante Uma Neyde Devido ao meu nome, “Neyde”. Acredito que sou tão soberana que merecia um sufixo dignoney.

#MUSEUdeMEMES Por conta de sua agenda de shows, entrevistas, presenças VIPs e que tais, seu tempo deve ser muuuito concorrido. Quantas horas por dia você está nas mídias sociais??
Plante Uma Neyde Eu tento passar o maior tempo possível, mas atualmente está cada dia mais difícil. Tenho que ensaiar meus playbacks, tenho minha residência de shows em Las Vegas, dois filhos para criar, tive que acabar contratando pessoas para me ajudar na página. Se eu ficar um dia sem atualiza-lá, meus fãs ‐ os neydianos ‐ reclamam muito. Então tento fazer sempre o melhor possível para elesney.

#MUSEUdeMEMES Quais foram seus momentos mais memoráveis na internet?
Plante Uma Neyde Tivemos vários. Como, por exemplo, no ano passado, quando vários estudantes (de todo o Brasil), na volta às aulas, resolveram customizar seus cadernos com meu belo rosto, e também quando meu sufixo(“ney”) foi parar até na coluna de política do jornal O Estadão, mas talvez os momentos mais memoráveis foram/são aqueles que não vieram a público. Aqueles lidos apenas por mim, na inbox da página: recados de carinho e admiração dos meus fãs. A quantidade de pessoas ‐ desde jovens a pessoas mais velhas ‐, que passam por problemas, incluindo mortes na família e depressão, e que dizem encontrar na página um refúgio para voltar a sorrir, ou então jovens que se sentem excluídos da sociedade e acabam percebendo, com os posts da página, que a maioria das pessoas passam pelos mesmos problemas que eles, sem contar as inúmeras homenagens que recebo06, isso tudo me motiva a continuar, cada dia mais, tentando trazer um pouco de alegria às pessoas, em meio a este turbilhão que é a vida e nossa forma de tentar “suporta-lá”, utilizando o humor como baseney

#MUSEUdeMEMES Nós sabemos que o mundo pop é muito movimentado, e que existem muitas brigas entre divas. Você tem muitos haters? Como é esta relação com os fãs/internautas?
Plante Uma Neyde Tenho muito haters, sim ‐ se uma pessoa comum já tem, imagina uma celebridade mundial! ‐, mas os meus haters são mais específicos, eles sempre tentam me atacar usando meu playback como desculpa, eles não se conformam que uma cantora que não canta faça sucesso, agora eu pergunto: desde quando uma cantora é obrigada a cantar?
Não sou obrigada a nada! Construí uma carreira sólida, e virei uma lenda viva na base do playback. Sou a precursora dele. Eu o popularizei. Mais uma vez deixo uma pergunta final aos haters: eu, sem “voz”, tenho U$$500 milhões no banco, e vocês, com voz, têm quanto?
Já minha relação com meus fãs é de intimidade absoluta, sempre converso com eles lá na página e tento responder todas as mensagens que recebo dentro do possível, eu os amo, e sinto que eles me amam também, é um carinho recíproco e verdadeironey

#MUSEUdeMEMES Qual a sua principal rival? Como surgiu essa rivalidade?
Plante Uma Neyde Não tenho rivais declarados, apenas os haters mesmoney.

#MUSEUdeMEMES Você poderia descrever o perfil dos seus fãs?
Plante Uma Neyde Jovens, na faixa etária dos 12 aos 25 anos, fãs de música pop, humor, entretenimento, diríamos mais ou menos que 60% mulheres e o restante de homens.
Tenho também um grande público GLS (sic) que me segue fielmente, e que amo muito. Na maioria, jovens inteligentíssimos, descolados, antenados, engraçados, o que acabou ao longo do tempo ‐ devido às postagens de apoio à causa GLS também ‐ transformando a página em porta-voz dessas pessoas. Geralmente, quando acontece algum caso negativo envolvendo a comunidade LGBTT, eles nos procuram e normalmente fazemos algum post de apoio, com muito orgulho. Ou, quando vemos alguma notícia de discriminação, fazemos um post (espontaneamente), sempre estamos tentando nos manifestar e nos posicionar a favor da igualdade e felicidade de todas as pessoasney.

#MUSEUdeMEMES E a agenda de shows? Está lotada?
Plante Uma Neyde Sempre lotada. Por enquanto, renovei minha residência de shows em Las Vegas por mais dois anos, estou gravando um novo álbum, criando novas fragrâncias para minha linha de perfumes, criando meus dois filhos… O futuro será esplêndido, assim como o presente, eu imagino. Pretendo seguir com meus shows e gravações de CDs, cada dia mais trabalhar para aperfeiçoar meu playback ‐ pois as pessoas pensam que a arte da dublagem é fácil, mas não é, é algo dificílimo; (pense na dificuldade que é) manter por 20 anos a boca sincronizada com o playback, e eu venho fazendo isso com maestria todo este tempo! Espero continuar tendo sempre o amor dos meus fãs, eles que me motivam a cada dia seguir na carreira, o amor deles é fundamentalney.

 


 

Na sequência, sabendo que Neyde é uma celebridade com agenda muito tumultuada, fomos repassados a um dos membros da equipe, que gentilmente nos respondeu as questões adicionais. 😉

#MUSEUdeMEMES Como surgiu a Plante Uma Neyde?
Plante Uma Neyde A Plante uma Neyde surgiu no Orkut, como uma brincadeira. Depois, migrou para o Facebook.

#MUSEUdeMEMES Você já teve algum problema com direito de imagem na página da Plante Uma Neyde?
Plante Uma Neyde Não, porque não comercializamos nenhum produto com a imagem da cantora Britney Spears.

#MUSEUdeMEMES A Plante Uma Neyde sobrevive de quê? Ela é um empreendimento sustentável? Ela ganha seu próprio dinheirinho? Faz fotossíntese? Ou vai à luta e não espera criar raízes?
Plante Uma Neyde A página jamais foi criada com o objetivo de ganhar dinheiro. Com o decorrer do tempo, e o aumento da sua popularidade, as pessoas passaram a nos procurar, para divulgar seus vídeos, páginas, blogs etc. Mas isso não acontece sempre. E não sobrevivemos exclusivamente do dinheiro da página.

#MUSEUdeMEMES Os seus fãs são muito ~ativos~, eles enviam vídeos e fotos, e contribuem na produção de conteúdo para a página?
Plante Uma Neyde Mais ou menos. Hoje em dia, todo material da página ‐ imagens ‐ é feito por nós. Mas, às vezes, nos enviam coisas bem legais sim e acabamos usando na página07. Geralmente são vídeos. Como todas as pessoas comuns, temos nossa vida pessoal, e outros trabalhos além da página, então não temos todo tempo que gostaríamos disponível para ficarmos pesquisando, e editando vídeos, então nesse ponto os fãs ajudam bastante!

 

Success Viktor
15 publicações
3 comentários
About / Bio
Success Viktor é um jovem professor da Universidade Federal Fluminense que trabalha arduamente para motivar sua equipe. É doutor em História, Política e Bens Culturais/Cpdoc-FGV, mas, pela carinha de novinho, é invariavelmente confundido com o menino Sam Griner, ou por vezes com um aluno. Ainda assim, tem procurado desenvolver pesquisas sérias e maduras relacionadas à economia política da mídia e ao universo das culturas políticas e práticas de cooperação. E até aqui tem obtido resultados positivos. YES! VICTORY!
[email protected]
 
Janderson Ha Ha Ha de Raio Laser Bala de Ice Kiss
1 entry
0 comentários
About / Bio
Janderson Ha Ha Ha de Raio Laser Bala de Ice Kiss tenta ser graduando de Estudos de Mídia/UFF e bolsista de extensão do projeto "Escritório de Big Data". Não tem paciência pra quem ta começando, já que ninguém é mais poderoso que deus e ele. Tem como lema: "Comigo é no paetê: se não brilha, corta!" 
Categorias: entrevistasPalavras-Chaves: , , , , , , , , , , ,

Sobre Janderson Ha Ha Ha de Raio Laser Bala de Ice Kiss

Janderson Ha Ha Ha de Raio Laser Bala de Ice Kiss tenta ser graduando de Estudos de Mídia/UFF e bolsista de extensão do projeto "Escritório de Big Data". Não tem paciência pra quem ta começando, já que ninguém é mais poderoso que deus e ele. Tem como lema: "Comigo é no paetê: se não brilha, corta!"