#MUSEUdeMEMES Entrevista: Atena Irônica


Warning: strpos(): Offset not contained in string in /home/bharatac/public_html/museudememes/wp-content/plugins/footnotes/class/task.php on line 340

Warning: strpos(): Offset not contained in string in /home/bharatac/public_html/museudememes/wp-content/plugins/footnotes/class/task.php on line 340

Atena Irônica01 é uma fanpage do Facebook, baseada na vilã Atena, da telenovela “A Regra do Jogo”, de autoria de João Emanuel Carneiro, e exibida no horário das 21h, na Globo. Atualmente, a página já conta com mais de 440 mil likes e é administrada por duas amigas estudantes de Comunicação Social, Alana Robert (24), que cursa Publicidade e Propaganda, e Nathália Pimenta (22), que escolheu a graduação em Jornalismo. Apaixonadas pela personagem, a partir de sua ironia e jeito “torto” de se comportar02, elas também são fãs da atriz que a interpreta, Giovanna Antonelli.

A entrevista foi realizada com Alana Robert, em outubro de 2015. Ao longo da conversa, Alana ressalta que a ideia de criar a fanpage surgiu alinda em 2013, quando Antonelli interpretava a delegada de polícia Helô, em “Salve Jorge”03. De lá para cá, a página mudou de título e se adaptou à nova novela, na expectativa de não perder os seguidores já conquistados. Ao que parece, a tática tem se tornado cada vez mais comum, não apenas entre administradores de fanpages mas também entre articuladores de eventos[ref]Um caso recente, chamou atenção no noticiário político, quando um evento outrora direcionado a críticas ao candidato Aécio Neves, se reposicionou e se converteu em um evento contrário ao Governo Dilma.[/ref].

As páginas de Facebook que produzem conteúdo sobre novelas e outras produções da Rede Globo têm se tornado cada vez mais populares recentemente. Há, inclusive, competições por fãs e popularidade entre alguns grupos de produtores de conteúdo, e muitos gerenciam um conjunto de páginas sobre diversos personagens ao mesmo tempo, na esperança de que ao menos um atinja ampla repercussão. Mas há também parcerias nesse universo. E, acima de tudo, a tentativa de definição de um formato e uma linguagem próprias.

As imagens divulgadas em Atena Irônica são geralmente frames destacados da própria novela, com a personagem de Antonelli sorrindo ou “fazendo carão”. O tom não apenas é cotidiano, mas sobretudo é notadamente voltado para o público feminino, com mensagens que satirizam os homens ou comentam sobre o estereótipo da mulher que procura se adequar a um padrão de beleza. Os memes são normalmente image macros com legendas no trecho superior e inferior do quadro, mas, por vezes, adotam a família de fontes Foo, ao invés da Impact[ref]Foo-dafont
aten12294884_1037304516320157_469772304715250935_n (1)[/ref]. As imagens muitas vezes se repetem, com traços de reverse captioning, mas há também uma variedade grande de conteúdos que procuram combinar a legenda à situação da personagem representada. A marca d’água característica também costuma ser aplicada, para garantir a autoria do conteúdo no momento em que circula pela rede, fora da fanpage. Afinal, as produções da página poderiam claramente ser classificadas também como memes autorais, à moda do que representam conteúdos difundidos a partir de outras fanpages, como o Dinofauro Azul ou o Baby George Te Despreza. No fim, as novelas da Globo são apenas um pretexto para a criação desses memes, ainda que, por outro lado, sejam sua principal beneficiária, uma vez que algumas dessas páginas seguem fazendo sucesso, mesmo após o desfecho da trama na televisão…


#MUSEUdeMEMES “A Regra do Jogo”, antes mesmo de sua estreia, já vinha rodeada de expectativas pelos críticos televisivos. A partir de qual momento você percebeu que seria interessante criar a página “Atena Irônica”?
Atena Irônica Não é novidade nenhuma que por onde a Giovanna Antonelli passa ela deixa “marcas” [sic], e conosco não é diferente. A ideia surgiu de duas amigas que gostavam da Giovanna e sabiam da quantidade de fãs que ela possuía. Acostumada a fazer papeis cômicos na TV, a Delegada Helô, de “Salve Jorge”, foi a primeira ideia da página atual. Em 2013, nós criamos esta página e não sabíamos o sucesso que ela faria. Era apenas um passatempo para nós e, de repente, tornou-se uma das mais curtidas. Porém, o sucesso foi momentâneo: a novela acabou e os usuários migraram para novas páginas voltadas ao mesmo segmento. Tivemos quase 50 mil “des-likes” [unlikes] após dois anos. (Para se ter uma ideia, chegamos, na época, a 460k seguidores.) Quando soubemos do papel dela na novela atual, sobre a “vilania torta”, sabíamos que a ironia estaria envolvida, então decidimos voltar com a página, alterando o nome para a nova personagem ‐ demos graças a Deus que o Facebook alterou sua política e agora permite alteração de nomes.

#MUSEUdeMEMES Na novela, Atena está no limiar entre o lado “trambiqueiro” e entre o “perverso”. Por que você escolheu esta personagem?
Atena Irônica A Atena tem o lado trambiqueiro, sim, mas, como o próprio autor disse em uma entrevista, ela é uma “vilã torta”, e tem seu humor. Os papeis da Giovanna sempre ficam em evidência. Antes mesmo de começar a novela, muita gente já comentava a sua participação. Ela tem uma facilidade em trabalhar com o humor em suas personagens!

#MUSEUdeMEMES Qual a história por trás da personagem que você criou? Ela tem um perfil psicológico próprio?
Atena Irônica Na verdade, nós não tínhamos um projeto muito definido quando criamos a página. Eu e a Nathália estávamos no começo da faculdade (ela, Jornalismo, e eu, Publicidade), não sabíamos como cuidar de uma página, até que foi ganhando proporções.

#MUSEUdeMEMES Como foi o processo de criação desta faceta mais voltada ao lado cômico de uma personagem dramática?
Atena Irônica A ideia principal é trazer humor para os usuários com frases do dia a dia, que muita gente fala e/ou gostaria de falar. Acho que, hoje em dia, a internet virou o meio mais presente na vida das pessoas, então muitas vezes elas entram após um dia todo de trabalho e, quando encontram nossas fotos, acabam descontraindo por uma frase que já aconteceu com ela ou o momento que ela está vivendo. A página é mais voltada pro humor feminino ‐ nosso público é 90% formado por mulheres ‐ então nós escolhemos mais frases que têm a ver com a vida da mulher. A Atena Irônica gosta de divertir as pessoas, procuramos [publicar] conteúdos que tenham relação com nossos seguidores, e, claro, queremos o bem de todos (ao contrário da Atena da dramaturgia, que gosta de se dar bem às custas dos outros).

#MUSEUdeMEMES Além de Atena Irônica, há uma série de outras personagens similares que têm se convertido em fanpages recentemente: Atena Golpista, Romero Indelicado, Adisabeba Barraqueira, Tóia Barraqueira e muitos outros. Você conhece os outros criadores/administradores dessas páginas?
Atena Irônica Conheço alguns administradores, sim. Já tivemos parcerias em outras épocas. Acho que a ideia de todas é a mesma: diversão, conteúdo, alto índice de compartilhamento. Já fizemos parte da página Romero Indelicado em troca de divulgação, mas durou pouco. Creio que há uma certa “rivalidade” entre essas páginas ‐ de qual tem mais curtidas que a outra ‐, o que acaba distanciando os administradores.

#MUSEUdeMEMES Você acompanha a novela por outras mídias sociais, como o Twitter? A Atena Irônica tem perfil em outras mídias?
Atena Irônica Ultimamente, não estou conseguindo acompanhar a novela, por estar no meio do TCC, mas, quando dá, estou sempre de olho. Gosto de saber o que acontece com a personagem.
Acompanhamos pelo Twitter, sim, todos os dias as fãs da Giovanna sobem tag para o “shipper”[ref]Shipping é a prática de acompanhar notícias relacionadas a um casal (ficcional ou não). Quem pratica o shipping é designado como shipper. Essencialmente, o ship (casal) pode também se referir ao hábito de se aglutinar o início do nome de um com o fim do nome de outro de modo a caracterizar um casal como um só personagem.[/ref] Romena (Romero + Atena) e confesso que não fico de fora. Sou fã do casal desde “Salve Jorge”.
Nós tínhamos também a ideia de fazer um perfil no Instagram, mas devido ao tempo, acabou ficando para segundo plano.

#MUSEUdeMEMES Como você descreve o que você faz? Você se considera um meme de internet com a fanpage?
Atena Irônica A expressão mais adequada seria “conteúdo de humor”. Não considero [a Atena Irônica] um meme de internet porque, como já disse, páginas de ironias têm um público muito segmentado, não são todos que gostam ou compartilham. Pode-se considerar um meme da internet o Chapolin Sincero, a Chloe Sincera, que são páginas mais abertas a ambos os sexos.

#MUSEUdeMEMES Apesar das expectativas em torno da estreia da novela, diz-se que a audiência segue em níveis preocupantes. Por outro lado, a “A Regra do Jogo” bomba nas redes sociais online, como Facebook e Twitter. A audiência da novela impacta no sucesso do meme?
Atena Irônica Não. O que ouvimos pela internet afora é que a audiência está ruim, mas acho que não é por conta da novela, e sim pela emissora. Na situação que o Brasil se encontra hoje, a Globo perdeu MUITA audiência e deixou de ser líder absoluta, e acho que estão tendo dificuldades de enfrentar isso, uma vez que esse quesito nunca foi problema.

#MUSEUdeMEMES Carminha Perturbada se tornou rapidamente uma espécie de ícone de páginas no Facebook sobre personagens de novelas, juntamente com Félix Bicha Má. Você se inspirou em algum desses personagens para criar o seu? Quais são as suas referências?
Atena Irônica Nossa referência na época foi o Chapolin Sincero. A página Carminha Irônica [sic] era uma página nova na época, assim como Félix Bicha Má. A diferença é que ambos não perderam seus seguidores, eles conseguem manter até hoje um alcance relevante de postagens.

#MUSEUdeMEMES Você já recebeu algum contato da Globo ou da própria Giovanna Antonelli sobre o conteúdo que produz?
Atena Irônica Quando éramos Helô Irônica, nós recebemos um contato da equipe de marketing da Globo. O pessoal nos contatava e dizia que estava sempre de olho nas nossas postagens. Os contatos não passavam disso, mas já é uma grande coisa, né? Pegamos muita experiência com eles.
Com a Giovanna, ela chegou a publicar uma das nossas postagens em seu Instagram, ficamos felizes em relação a isso. Atingir a pessoa cuja imagem usamos e ver que ela leva “numa boa” é bacana.
Mas não temos qualquer vínculo profissional com a Globo, apenas somos telespectadoras.

#MUSEUdeMEMES Vocês têm algum receio de que a Globo questione os usos que fazem de suas produções?
Atena Irônica Receio a gente sempre tem, porque estamos usando a imagem de uma pessoa sem uma autorização formal, então temos que tomar cuidado com o que postamos (para não se tornar ofensivo e nem desrespeitar alguma pessoa, para não gerar retorno negativo para nós). Usamos diversas imagens da Atena durante a novela, e sempre procuramos envolver a imagem selecionada com a frase postada.

#MUSEUdeMEMES A Atena Irônica é uma marca registrada?
Atena Irônica Não, nós não registramos.

#MUSEUdeMEMES Como a Atena Irônica sobrevive? De que se alimenta? Você ganha algum dinheiro com a página? Como é a vida de criador de conteúdo para o Facebook?
Atena Irônica Hoje estamos “voltando a crescer”, depois de uma queda no número de seguidores e no alcance da página. Começamos a Atena Irônica com um alcance de 5 mil pessoas, e hoje já atingimos 500 mil. Ainda não fizemos parcerias que retornem dinheiro, estamos edificando ela (a página) para que possamos correr atrás de parceiros. Hoje sou só eu e a Nathália como criadoras de conteúdo. Não é fácil, ainda mais por conta da falta de tempo, mas, sempre que vemos e ouvimos frases bacanas, fazemos nossas fotos e jogamos no banco de imagens para que possamos postar de acordo com os horários que temos combinado.

#MUSEUdeMEMES Como é a sua relação com os fãs? Você reproduz conteúdo criado por terceiros? Como você lida com as páginas que reproduzem seu conteúdo? E como você lida com os haters?
Atena Irônica “Nada se cria, tudo se copia”! É exatamente assim nesse meio. Como existem diversas páginas, nós pesquisamos em outras, procuramos sempre as postagens que receberam mais curtidas e envolvimento com o público, para refazer, mas reproduzimos com a nossa foto, nossa marca e nossa fonte. Agora existem páginas que não se dão ao trabalho de mudar a foto, pegam a nossa e postam. Já ligamos muito para isso, mas hoje, como vai com a marca da página mesmo, as pessoas já associam a marca com a página, isso é importante. Agora os haters? Prefiro não comentar esse povo que cria página e acha que sabe de tudo, rsrs.

#MUSEUdeMEMES Costuma-se ventilar que estamos em uma fase peculiar de se fazer humor, a do “politicamente correto”. Você encontrou algum tipo de barreira com seus memes, por assim dizer, mais ácidos? Já recebeu algum comentário negativo por causa da seleção das piadas?
Atena Irônica Já encontramos muitos problemas. Por isso tomamos cuidado hoje, com as postagens. Nós procuramos não expor opinião pessoal mais na página, devido a um número muito grande de reclamações e retorno negativo. Procuramos não mexer com política, religião e opção sexual, pois existem pessoas que concordam e as que discordam, o que acaba gerando polêmica e as pessoas acabam descurtindo. Sem contar que a página fica com uma má fama, e nosso objetivo é atingir todo mundo de modo positivo ‐ apesar de saber que é meio impossível.

#MUSEUdeMEMES Como você cria/seleciona as piadas e os conteúdos que vão ao ar? Em que assuntos você se baseia? Descreva um pouquinho desse processo criativo pra gente…
Atena Irônica Baseado no dia a dia da mulher, nas coisas que estão acontecendo, principalmente voltado para a classe média, brincando com a falta de dinheiro, inflação, entre outros dilemas do brasileiro.
Nós buscamos, por exemplo, o que estamos sentindo naquele momento e buscamos associar aos horários, como postar algo relacionado ao sono, na parte da manhã. Reclamar que o domingo é chato, em uma postagem no domingo, sobre receber o salário e não ter dinheiro, sobre a mulher na TPM, sobre a mulher que já se machucou sentimentalmente, ou até mesmo para as “inimigas”. Essas postagens são as que fazem mais sucesso, têm um alto índice de curtidas e compartilhamentos. Tudo depende da estratégia criada, seguindo os horários e relacionando de acordo com a frase. Tem dado certo…

#MUSEUdeMEMES No universo da Atena Irônica existem outros personagens recorrentes, da novela ou de fora dela, que aparecem em seus conteúdos?
Atena Irônica Nós buscamos deixar as postagens “uniformes”, somente com fotos da Atena. Entre 50 postagens, uma acaba sendo diferente do normal, mas é que, às vezes, a foto está tão engraçada, que não vale a pena alterar. Então postamos assim mesmo.

#MUSEUdeMEMES Nós temos percebido que algumas páginas de personagens “globais” são extintas ou mescladas com outras ao fim da novela. Outras, persistem. Você pretende continuar com a página após a novela?
Atena Irônica Nós passamos por isso uma vez, conforme já foi dito. Éramos Helô Irônica e a página ficou um “cemitério com 430k”, até que o Facebook deixou mudarmos [o nome d]a página. Pode ser que mudemos, sim, o nome, para que [a fanpage] não morra novamente. Estamos falando de 440 mil seguidores, é um número favorável. Quem sabe mudamos para um novo personagem? A ideia é não deixar a página morrer, como antes.

 

Success Viktor
15 publicações
3 comentários
About / Bio
Success Viktor é um jovem professor da Universidade Federal Fluminense que trabalha arduamente para motivar sua equipe. É doutor em História, Política e Bens Culturais/Cpdoc-FGV, mas, pela carinha de novinho, é invariavelmente confundido com o menino Sam Griner, ou por vezes com um aluno. Ainda assim, tem procurado desenvolver pesquisas sérias e maduras relacionadas à economia política da mídia e ao universo das culturas políticas e práticas de cooperação. E até aqui tem obtido resultados positivos. YES! VICTORY!
[email protected]
Menos Filipe Que Está no Canadá
2 publicações
0 comentários
About / Bio
Além de pagar balas Juquinha em dólar canadense, Filipe concilia a graduação em Estudos de Mídia/UFF com sua colaboração no #MUSEUdeMEMES. Foi bolsista de iniciação científica (PIBIC/CNPq, 2015-2016) e bolsista de inovação tecnológica (Pibinova/UFF, 2016-2017). Foi também bolsista de extensão no projeto "Fotografia e Cidade: Gente, Paisagem e Memória em Niterói" (2014) e aproveita o inverno rigoroso do Canadá para colocar suas novelas em dia (já que é fã do gênero \o/). Reza a lenda que ele se encontra com uma tal de Luiza.
Categorias: entrevistasPalavras-Chaves: , , , ,

Sobre Success Viktor

Success Viktor é um jovem professor da Universidade Federal Fluminense que trabalha arduamente para motivar sua equipe. É doutor em História, Política e Bens Culturais/Cpdoc-FGV, mas, pela carinha de novinho, é invariavelmente confundido com o menino Sam Griner, ou por vezes com um aluno. Ainda assim, tem procurado desenvolver pesquisas sérias e maduras relacionadas à economia política da mídia e ao universo das culturas políticas e práticas de cooperação. E até aqui tem obtido resultados positivos. YES! VICTORY! [email protected]